Categorias
Blog

Transporte autônomo: Volvo e DHL fazem parceria

Você provavelmente já ouviu o termo “Great Resignition” no último ano, já que milhões de pessoas deixaram seus empregos durante a pandemia. A hotelaria foi uma das indústrias mais atingidas, e vários setores da economia sentiram (e ainda estão sentindo) a dor. O transporte feito através de caminhões não foi poupado e isso foi um baita golpe para uma parte crucial da cadeia de suprimentos que já enfrentava escassez de mão de obra antes da pandemia. Os salários iniciais dos caminhoneiros de longa distância chegam a US$ 100.000 e, mesmo assim, as empresas estão tendo problemas para contratar.

Uma solução? Caminhões que dirigem sozinhos.

A divisão Autonomous Solutions (VAS) da Volvo anunciou no início deste mês que lançará em breve uma solução de transporte autônomo hub a hub na América do Norte. O serviço foi desenvolvido para atender embarcadores, transportadores, prestadores de serviços logísticos e despachantes de carga. O provedor de logística DHL já se inscreveu para pilotar o programa em parceria com a VAS. A empresa diz que está trabalhando em parcerias adicionais com clientes de outros segmentos de negócios e usará o feedback dos participantes do programa piloto para adaptar o serviço autônomo às necessidades de cada segmento.

“Hoje, a crescente demanda por frete está superando a capacidade e as soluções devem ser mais ousadas, seguras, inteligentes e sustentáveis ​​para levar o mundo adiante”, disse Nils Jaeger, presidente da Volvo Autonomous Solutions.

A VAS trabalhou com a especialista em hardware e software sem motorista Aurora Innovation nos sistemas de direção de seus caminhões, adaptando cabines-leito de longa distância com o Aurora Driver da empresa. Ainda nesta semana, a Aurora anunciou uma expansão de seu piloto autônomo de carga com a FedEx no Texas, adicionando uma nova rota entre Fort Worth, no nordeste do estado, e El Paso, que fica a sudoeste, na fronteira com o México. Com cerca de 600 milhas, a nova rota mais que dobra a distância da rota existente, que percorria 240 milhas entre Dallas e Houston. Enquanto a rota Dallas-Houston supostamente funcionava todas as noites, a rota El Paso-Forth Worth funcionará uma vez por semana.

Caminhões autônomos foram cada vez mais para as estradas nos últimos dois anos, com o Texas emergindo como o epicentro do transporte sem motorista graças ao seu clima ameno, extensa rede rodoviária e ambiente regulatório comparativamente fraco. Embora já estejam sendo chamados de “sem motorista” ou “autônomos”, os caminhões ainda têm motoristas de segurança a bordo que assumem a direção não rodoviária, e provavelmente continuarão a tê-los no futuro próximo. Mas o software de direção autônoma acabará atingindo um nível de sofisticação que permite que um motorista cochile por algumas horas durante longos trechos de rodovia, permitindo assim uma quilometragem mais longa ininterrupta – ou pelo menos esse é o objetivo.

Dado os backups da cadeia de suprimentos e os problemas de escassez de mão de obra que estamos vendo agora, soluções como essa não serão apenas bem-vindas, mas necessárias para manter as engrenagens dos setores de logística e transporte funcionando – e para receber seus pacotes no prazo, estocar seus prateleiras do supermercado com produtos frescos, e receber os móveis que você encomendou meses atrás à sua porta mais cedo ou mais tarde.

Sasko Cuklev, chefe de soluções on-road da Volvo Autonomous Solutions, disse: “Estamos baseados na convicção de que podemos lidar com as restrições que o setor de transporte enfrenta e contribuir para a construção de uma sociedade melhor, oferecendo capacidade de frete escalável e autônoma que pode desbloquear novas formas de transportar mercadorias”.

Artigo originalmente publicado em SingularityHub.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 passos para a Inovação Exponencial

Descubra como navegar com sucesso pelas mudanças tecnológicas através da inovação! Confira algumas das nossas melhores práticas para inovação empresarial.