Categorias
Blog

China: Barragem de 180 metros de altura será construída inteiramente por robôs

À medida que o mundo corre para parar de queimar combustíveis fósseis e implementar mais fontes renováveis ​​de energia, há muito hype em torno da energia solar e eólica. Embora sejam comparativamente mais fáceis de colocar em funcionamento, essas fontes de energia não têm a mesma capacidade de produção – ou consistência – que a energia hidrelétrica. A China está investindo muito em todos os itens acima, mais recentemente anunciando a construção de uma enorme barragem no rio Amarelo, na província de Qinghai, localizada no planalto tibetano.

Uma vez concluída, a represa Yangqu deverá gerar quase cinco bilhões de quilowatts-hora de eletricidade por ano – meio bilhão a mais do que a represa Hoover do Arizona – e os planos são para que ela seja construída inteiramente por robôs, sem qualquer trabalho humano.

Um artigo publicado no mês passado no Journal of Tsinghua University detalha um “sistema de impressão 3D” que usa IA e robôs para preencher grandes projetos de construção. Com base na descrição, porém, é um pouco impróprio equiparar o sistema à impressão 3D; enquanto projetos de construção menores, como casas impressas em 3D, usam uma impressora que cospe uma mistura de concreto camada por camada, não há menção a uma impressora nesta descrição do projeto.

Em vez disso, um sistema de programação de construção avalia um modelo de design digital do projeto seção por seção, calculando quanto material de enchimento é necessário e, em seguida, um robô coleta o material e o transporta para a seção pretendida. Os robôs fazem “pavimentação e laminação inteligente” para terminar uma camada de construção e, em seguida, enviam feedback para o sistema de agendamento. É impressão 3D em que uma estrutura muito alta sobe camada por camada usando um processo automatizado, mas principalmente, não é impressão 3D porque não há uma impressora.

O projeto não está sendo feito do zero, ou seja, já existe uma barragem no local, construída a partir de 2010, juntamente com uma hidrelétrica de 1.200 megawatts. As instalações existentes estão sendo ampliadas.

Serão necessários trabalhadores humanos para minerar alguns dos materiais de construção, mas a automação pesada do projeto idealmente significa que ele será concluído mais rapidamente e com menos erros do que o trabalho humano permitiria; as máquinas podem trabalhar em turnos de 12 horas, ou até 24 horas por dia. Os planos são para que a primeira seção entre em operação em 2024 e todo o projeto esteja em funcionamento no ano seguinte.

Para efeito de comparação, a Represa Hoover tem 221 metros de altura e levou 5 anos para ser construída. E, como se vê, construir uma barragem é um trabalho traiçoeiro: 96 pessoas morreram durante a construção da Represa Hoover por causas como afogamento, serem atingidos por materiais de construção caindo ou feridos em explosões para limpar rochas naturais. Outra vantagem do trabalho mecânico, então, é que a segurança humana não será ameaçada.

Os chineses não são estranhos à construção de barragens maciças; A Barragem das Três Gargantas, no rio Yangtze, na província de Hubei, é a maior usina hidrelétrica do mundo. Com 181 metros de altura, é quase exatamente a mesma altura que Yangqu estará uma vez completa, mas é muito mais larga.

A China pretende atingir a neutralidade de carbono até 2060. Para ter alguma chance de atingir essa meta, eles vão precisar de muito mais do que painéis solares e turbinas eólicas; esta é uma das várias barragens que estão sendo construídas no país (para adicionar às muitas milhares já existentes), e eles também estão apostando na energia nuclear.

Na China, como no resto do mundo, a transição para as energias renováveis ​​está em andamento lento, mas constante. A represa Yangqu é altamente ambiciosa, mas se for bem-sucedida, não será a primeira vez que a China prova que os opositores estão errados.

Artigo originalmente publicado em SingularityHub.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

10 passos para a Inovação Exponencial

Descubra como navegar com sucesso pelas mudanças tecnológicas através da inovação! Confira algumas das nossas melhores práticas para inovação empresarial.